Arquivo de Categorias

TRADUZINDO



TRADUZINDO

Contabilidade, 2014

Traduzi uns 8 milhões de toques em 2014. Em 2013 foi um pouco mais de 10 mi. Tive mais projetos de tradução em 2014 – foram uns 40, que é recorde – mas mais curtinhos que o do ano anterior. Em páginas, foram 2800 e poucas de prosa, 400 e poucas de livro ilustrado e mais de 4000 de HQ. Achei curioso que traduzi três biografias de englishmen: do Robert Plant (Uma Vida, de David Rees, que saiu em agosto pela LeYa), do Richard Dawkins (Fome [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
TRADUZINDO

Vingança

Vingança, uma edição especial da Marvel/Panini que saiu faz alguns dias em bancas e livrarias. Fui o tradutor e acho que foi meu primeiro trabalho “Universo Marvel”. Mas não queria comentar tanto a tradução, e sim o histórico curioso da HQ. Vengeance, no original, foi daquelas minisséries da Marvel precedidas por campanha de teaser com promessas bombásticas. Saiu em 2012 e não foi muito bombástica. Aliás, traía os teasers: os vilões clássicos em pinturas icônicas de Gabrielle Dell’Otto estavam longe de [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
TRADUZINDO

Byrne Moderno

Sai esta semana. E compra-se aqui. O gibi mais antigo na minha coleção, quando eu era criança, era um Capitão América de 1983 que meus pais compraram só para eu ler as figurinhas. Não tinha capa nem as primeiras páginas, e já entrava numa história do John Byrne. Talvez minha fixação venha daí. Já escrevi sobre minha fixação byrneana. Sinceramente, passei anos de infância colocando ele em outro patamar, inalcançável pelos outros desenhistas de gibi. Deve ser o autor que eu [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
TRADUZINDO

The Private Eye

Em março do ano passado, Brian K. Vaughan e Marcos Martin lançaram o Panel Syndicate: um site de quadrinhos digitais, formato aberto, pague o quanto quiser e que até agora só tem a série deles, The Private Eye. Eu e o Fabiano já estávamos no planejamento do Outros Quadrinhos, e The Private Eye era oferecida em inglês, espanhol ou catalão (porque Marcos Martin é de Barcelona). Aí me ocorreu: por que não em português? E será que eles topam um tradutor qualquer que [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
TRADUZINDO

Mais E Se?

Falando em Blog da Companhia, saíram os dois outros textos extras (leia-se: não estarão no livro) de E Se? Respostas Científicas para Perguntas Absurdas que eu traduzi. O primeiro é: Qual seria a maneira mais cara de encher uma caixa de sapatos tamanho 42? O outro: O que aconteceria se todas as extensões de água da Terra sumissem como mágica? O livro em si foi reprogramado para novembro. Já está em pré-venda, com desconto, na Livraria da Travessa.

Carregando miniaturas...
Marcado como: