Arquivo de Categorias

TRADUZINDO



TRADUZINDO

Hellblazer, Warren Ellis, 20 anos

Lembro de quando Warren Ellis foi anunciado roteirista de Hellblazer e escreveu um ensaio sobre Constantine. Era menos um texto sobre Constantine e sobre o que planejava para a série, mais um texto sobre Londres. Sobre andar por Londres, sobre o cheiro e a cor de cada bairro, sobre o cruzamento que tinha sido repartição pública do Império Romano, em que prédio onde Ellis usou drogas, assistiu um show ou ficou com uma menina. Sobre fantasmas. Tem cidade com mais fantasmas [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
red
TRADUZINDO

Contabilidade, 2016

Sim, 2017 já mudou de estação, já mudou de trimestre, já estou atrasado na declaração do IR e ainda não fiz minha contabilidade tradutória de 2016. Mas preciso, para fins de: manter a tradição. Seguem números e alguns comentários rápidos sobre o que eu traduzi em 2016. Foram 42 projetos de tradução, 2 de revisão de tradução e mais um em que eu fui meio tradutor/meio revisor. 6,9 milhões de toques, 2 mil e poucas páginas de prosa e 5 mil e poucas páginas de HQ. De [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
TRADUZINDO

Lorde Gato Era Porto: Traduzindo Lumberjanes

Lumberjanes: Cuidado com o Sagrado Gatinho saiu no final de 2016 no Brasil (e em Portugal). Foi minha primeira tradução para a Editora Devir. A série original, norte-americana, tem só três anos de idade. Foi criada na Boom!Studios, editora pequena que estava montando uma linha de HQs um pouco mais autoral e para explorar mercados alternativos (alternativos para o mainstream dos EUA). No caso, o de meninas. A premissa: um quinteto de escoteiras que têm aventuras sobrenaturais na floresta. A série já [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
TRADUZINDO

Tradução invisível

Comecei a fazer traduções para a Panini em 2009. Para a linha Vertigo, bem específico. Na época, o relançamento da Vertigo ainda não tinha sido divulgado. Tentei me meter no plano, sugerir séries, dar dicas. Leitor de Vertigo desde criancinha: eu. Dei um monte de opiniões. Uma das poucas coisas que eu falei de brincadeira era que, se algum dia publicassem Os Invisíveis, eu prometia que me esforçava para traduzir. Porque, haha, tinha tanta chance de publicarem Invisíveis quanto, sei lá, [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
TRADUZINDO

Contabilidade, 2015

Meu último post tem quase quatro meses e já estamos no final de fevereiro. Alguém ainda aguenta retrospectiva 2015? Bom, isso é mais pra mim. Já virou tradição fazer minha contabilidade em público, revendo as traduções (e outros projetos) em que eu me envolvi no ano que passou. Fica de registro de uma época. Vamos lá. Me envolvi em 51 projetos de tradução em 2015. Foram 7,7 milhões de toques, 2400 páginas originais de prosa, quase 6000 originais de HQ. Mais [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
fbp