Arquivo de Tags

cânone gráfico



Resenhas ilustres

No final de 2015, o Mauricio Meirelles falou que queria testar novos resenhistas de quadrinhos na Ilustrada. Perguntou se eu teria interesse. Eu aprendi a ler jornal com a Folha de S. Paulo. Lá pela segunda ou terceira série, meu pai escolhia textos da Folha para eu praticar leitura de algo que não fosse gibi. Acho que dos 10 aos 20 e poucos anos, eu li todas as resenhas de cinema. Ficava em êxtase quando publicavam alguma coisa sobre quadrinhos. Estudei o Manual de Redação [ . . . ] LEIA MAIS


02/02/2017

Contabilidade, 2015

Meu último post tem quase quatro meses e já estamos no final de fevereiro. Alguém ainda aguenta retrospectiva 2015? Bom, isso é mais pra mim. Já virou tradição fazer minha contabilidade em público, revendo as traduções (e outros projetos) em que eu me envolvi no ano que passou. Fica de registro de uma época. Vamos lá. Me envolvi em 51 projetos de tradução em 2015. Foram 7,7 milhões de toques, 2400 páginas originais de prosa, quase 6000 originais de HQ. Mais [ . . . ] LEIA MAIS


27/02/2016

Cânone Gráfico vol. 1 (Lançamento Curioso 6)

  Este não é só curioso: também é pesado. Com 456 páginas no formatão de álbum, é daqueles livros que também serve para fazer exercício (ou, como escrevi aqui, um tijolo). E olha que é só o primeiro volume. Cânone Gráfico é um dos projetões malucos do Russ Kick, editor e escritor dos EUA que eu conhecia principalmente da Disinformation – pra quem ele compilou livrões de teorias da conspiração. A ideia maluca de Cânone Gráfico é reunir o cânone literário (ocidental e parte do oriental) em quadrinhos. [ . . . ] LEIA MAIS


26/09/2014