Arquivo de Tags

VERTIGO



Contabilidade, 2016

Sim, 2017 já mudou de estação, já mudou de trimestre, já estou atrasado na declaração do IR e ainda não fiz minha contabilidade tradutória de 2016. Mas preciso, para fins de: manter a tradição. Seguem números e alguns comentários rápidos sobre o que eu traduzi em 2016. Foram 42 projetos de tradução, 2 de revisão de tradução e mais um em que eu fui meio tradutor/meio revisor. 6,9 milhões de toques, 2 mil e poucas páginas de prosa e 5 mil e poucas páginas de HQ. De [ . . . ] LEIA MAIS


03/04/2017

Tradução invisível

Comecei a fazer traduções para a Panini em 2009. Para a linha Vertigo, bem específico. Na época, o relançamento da Vertigo ainda não tinha sido divulgado. Tentei me meter no plano, sugerir séries, dar dicas. Leitor de Vertigo desde criancinha: eu. Dei um monte de opiniões. Uma das poucas coisas que eu falei de brincadeira era que, se algum dia publicassem Os Invisíveis, eu prometia que me esforçava para traduzir. Porque, haha, tinha tanta chance de publicarem Invisíveis quanto, sei lá, [ . . . ] LEIA MAIS


24/10/2016

Semana Empilhada 4 – 19 a 25/12

O Prêmio Jabuti segue errando que Quadrinho é Ilustração, e colocou seis HQs entre concorrentes na categoria: A Vida de Jonas, Magno Costa Lobisomem sem Barba, Wagner Willian Vida e Obra de Terêncio Horto, André Dahmer Yeshuah: Onde Tudo Está, Laudo Ferreira e Omar Viñole Filosofias Baratas me São as Mais Caras, Orlando Pedroso Claudius, Claudius Ceccon Na categoria Adaptação, concorrem A morte de Ivan Ilitch em Quadrinhos, de Caeto, Grande Sertão: Veredas, de Guazzelli e Rodrigo Rosa, e Kaputt, de Guazzelli. Rafael Coutinho e [ . . . ] LEIA MAIS


26/10/2015

Dia do Tradutor

Já faz um tempo desde meu último update sobre traduções. E saíram HQs bem interessantes desde fevereiro. A maioria foi pela Panini/Vertigo. O primeiro volume de Coffin Hill, o segundo de iZombie, a primeira parte de Vampiro Americano – Segundo Ciclo, a conclusão de O Despertar. Planetary/Batman saiu em edição de luxo e traduzi o roteiro enxutíssimo do Warren Ellis para os extras. ZDM voltou para minhas mãos com um calhamaço de 300 páginas no volume 6. E Os Invisíveis segue em frente com o volume 5. Na [ . . . ] LEIA MAIS


30/09/2015

Contabilidade, 2014

Traduzi uns 8 milhões de toques em 2014. Em 2013 foi um pouco mais de 10 mi. Tive mais projetos de tradução em 2014 – foram uns 40, que é recorde – mas mais curtinhos que o do ano anterior. Em páginas, foram 2800 e poucas de prosa, 400 e poucas de livro ilustrado e mais de 4000 de HQ. Achei curioso que traduzi três biografias de englishmen: do Robert Plant (Uma Vida, de David Rees, que saiu em agosto pela LeYa), do Richard Dawkins (Fome [ . . . ] LEIA MAIS


16/02/2015