Arquivo de Categorias

LENDO



LENDO

A Vertigo da Marvel

Há pouco mais de vinte anos, a DC tinha um número considerável de séries que destoava do veio principal Superman-Batman-Liga da Justiça. Sandman instigava gente que não lia nenhum outro gibi, Patrulha do Destino tinha heróis transsexuais contra vilões dadaístas, Constantine já havia mostrado o dedo médio pro diabo em Hellblazer, Shade The Changing Man… bom, era Shade The Changing Man. Essas e mais umas poucas tinham em comum não levarem selo do Código de Ética e, se tinham super-heróis, eram uns super-heróis bizarrinhos. A DC resolveu [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
dc
LENDO

Tungstênio, Marcello Quintanilha

Tungstênio passa do primeiro ao segundo ato por volta da página 50. É nela que Richard, o policial gordinho e casca grossa, sai correndo pela praia de Salvador após receber um telefonema. Nas páginas seguintes, entramos nas memórias de Richard: bandidos que começam a atirar num bar ao ar livre, uma prisão à paisana no shopping center, empenho suado para entrar num ônibus em movimento, o tiroteio com traficantes nas escadarias escherianas de morro. Foram os momentos em que ele [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
LENDO

Sammy Harkham

De “Somersaulting (South Australia, 1995)”, do Sammy Harkham, no Everything Together (melhor leitura dos últimos dias).

Carregando miniaturas...
Marcado como:
LENDO

Pessoas que Disseram Coisas: Mouly, Feiffer, Kot, Leite

“Para que cresça como leitora, a criança precisam de bastante experiência processando palavras”, diz Timothy Shanahan, professor emérito de educação urbana da University of Illinois, em Chicago. “Se o jovem passar uma hora lendo um gibi e uma hora lendo um livro, provavelmente processará bem mais palavras lendo um livro. Não estou dizendo que gibis são ruins, o problema é o que eles substituem.” No meio de um texto do New York Times sobre nova fase da Toon Books, editora [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
LENDO

Occupy Comics

E se o Alan Moore – o Alan Moore – publicasse um livro sobre a história da história em quadrinhos e ninguém desse bola? Porque, olha, é mais ou menos o que aconteceu. O livro não é exatamente um livro, mas um “ensaio” que saiu na Occupy Comics, revista produzida quando o Occupy Wall Street era notícia e que agora foi lançada em coletânea. O ensaio, se entendi direito, foi publicado em capítulos primeiramente ao longo das três edições da revista e na coletânea [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como: