Arquivo de Categorias

LENDO



LENDO

Seis Coisas Sobre Dois Irmãos

1. Apesar do crédito duplo na capa, Dois Irmãos é, até onde se percebe, 100% desenhada por Gabriel Bá. Obviamente não é um erro: Fábio Moon e Bá dividem roteiro, provavelmente decupagem, layouts, edição do texto original. Eles também costumam comentar que, independente de quem desenha, eles sempre vão assinar trabalhos autorais à moda siamesa. A edição não especifica quem fez o quê. Dois Irmãos, porém, tem a marca do traço de Bá. Se em algum momento o traço dele e [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
LENDO

Le Petit Livre de la Bande Dessinée

Se fosse lançado no Brasil, Le Petit Livre de la Bande Dessinée seria chamado de O Pequeno Livro da Bande Dessinée. Traduzir para “da História em Quadrinhos” pode ser um engano, pois a história dos quadrinhos que o livro conta é a história do ponto de vista franco-belga. Bien sûr, é um álbum lançado no mercado franco-belga, produzido por autores franceses: Hervé Bourhis e Terreur Graphique. Entenda-se que não é só a história do quadrinho franco-belga, mas do ponto de vista franco-belga. E o invejável mercado [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
eua
LENDO

Dentes de Elefante, Pedro Cobiaco

Na surdina, pelo menos para o tiozão aqui (*), Pedro Cobiaco publicou a melhor HQ brasileira de 2014. Ou uma das melhores, pois o ano foi concorrido. Não é um álbum, não saiu em antologia, nem saiu direito no site dele. Está lá no Flickr do Pedro, com uma esticadinha para o Facebook. Tem 4 páginas, sendo que a última é avantajada. O nome é Dentes de Elefante. Os quadrinhos do Cobiaco, tanto este quanto Harmatã (**), são aquelas letras de música que você entende [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
LENDO

Pessoas que Disseram Coisas: McCloud, Vaughan, Trexler, Iñarritu, Quitely

  A grande falha que temos nesse momento na cena de quadrinhos é quando acontece de um grande quadrinista achar que não pode seguir adiante, pelo motivo que for. Se existe uma crise por aí, é essa. Mas o fato de que existe tanta HQ incrível só pode acalentar o coração. Dá para perceber que temos uma arte saudável. Pelo menos é o que me parece. Confusa e acachapante de tão imensa. Ela engloba um conjunto vertiginoso de ideais, mensagens, criatividade. E é assim que [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
LENDO

Aâma e Peeters

No ano passado ou retrasado, teve um momento em que comecei a imaginar o mundo desenhado pelo Frederik Peeters. Acho que foi depois de ler Castelo de Areia (duas ou três vezes) e Pachyderme (duas vezes). Sempre tenho essa sensação quando passo muito tempo nas páginas de um desenhista só. É como sair de um filme e esperar que o mundo tenha o mesmo ritmo; no caso, começo a ver tudo no traço da HQ. Só que, com Peeters, passei algumas semanas vendo um [ . . . ] LEIA MAIS

Carregando miniaturas...
Marcado como:
rg