CONVERSANDO

A CCXP 2014 e a passadinha no Omelete

ComicConExperience

Sim, este blog ainda existe. Só que os dias andam cheios.

Entre os dias movimentados dos últimos dias, estive na Comic Con Experience, sob organização de meus ex-chefinhos do Omelete. Chefinhos que, alguns dias antes do evento, me avisaram que eu estava convocado a ir e escrever sobre os painéis de quadrinhos. Obediente, fui.

Rendeu alguns textos:

Cavaleiro das Trevas 3 | Scott Snyder faz mistério sobre o projeto durante CCXP
CCXP | Stephen King pode voltar a escrever Vampiro Americano
Batman 75 Anos | Criadores comentam clássicos e novos projetos na CCXP
CCXP | Scott Snyder promete mudanças radicais para Batman e Coringa no painel DC Comics: Gerações
CCXP | Rafael Grampá fala sobre projetos no cinema e sua volta aos quadrinhos
CCXP | Veja a capa da nova HQ de Fábio Moon e Gabriel Bá, Dois Irmãos
CCXP | Sean Gordon Murphy fala sobre a polêmica de Punk Rock Jesus
CCXP | Olivier Coipel fala sobre a reformulação de Thor e mais
CCXP | Artistas da Marvel Comics dão pistas de mudanças no universo da editora

E meu preferido:

CCXP | Don Rosa se emociona ao falar da paixão pela Família Pato

Escrevi mais um, sobre o documentário da HBO a respeito do quadrinho brasileiro, que deve entrar mais pra frente.

Foi divertido voltar a escrever para o Omelete, embora eu ache que meu texto destoa do restante do site (muito loooongos; e os títulos aí em cima nem são meus). Mas é óbvio que eu não negaria o convite.

E a CCXP em si foi inacreditável. Tentei resumir a experiência, via Facebook, assim que eu voltei:

Vi o Forlani sorrindo, porque o Forlani está sempre sorrindo.Vi Borgo suando com o peso do mundo, porque o Borgo está sempre suando com o peso do mundo (pesou um pouco mais nesses 4 dias). Vi Hessel calma e educadamente editar meu texto enquanto pensava em outras 37 coisas, porque esse é o Hessel.

Tinha mais 18 ou 67 pessoas na redação do Omelete que eu não conhecia. Inclusive uma menina que me chamava de “moço”.

Ajudei a vestir o Nhonho. Fui chamado pra carregar o martelo do Thor, mas aí acharam alguém digno. Abracei um cara vestido de Snoopy e ele me devolveu um abraço de Snoopy.

Conheci o Thiago Lins. Conheci o Marcelo Soares. Conheci o Rods Muraguchi. Conheci o Pedro_Gibi. Conheci o Flavio Soares. Conheci o Jose Luis Garcia-Lopez.

Vi os carinhas de Go Pro colada na testa ou no peito. Vi as ilhas de cadeira em volta das torres pra carregar celular. Vi as filas. Vi gente dormindo na frente do evento, sábado à noite, pra entrar 11 horas depois. Vi o medo na cara do Vitor Cafaggi quando falei que a fila para autógrafos estava lá no Star Wars (60, 70 metros).

Tinha um ar condicionado que às vezes congelava, às vezes não dava conta. Que nem San Diego. Tinha comida extorsivamente cara. Que nem San Diego. Tinha um mar de funcionários, voluntários, organização. Que nem San Diego. Tinha mais meninas que meninos. Que nem San Diego.

Ouvi umas sete vezes: “Você que é o pai daquela loirinha no Instagram? A gente ama as fotos!”

Vi o Don Rosa chorar.

Ouvi o cara de uma editora com sorriso de orelha a orelha porque foi contra “o mercado” que dizia para ele investir em Bienal ao invés de Comic Con.

O Rafael Coutinho me perguntou: “Aqui você é rei?”

Comprei uma Elsa e uma Anna para a Olivia, uma She-Ra pra Marcela e uma coleção de Seekers Into The Mystery pra mim (do Heitor Pitombo). Comprei um monte de gibis no Artist Alley.

“É que pra quem tá aí com seu 30, 35 anos, que cresceu sendo rejeitado por ser nerd, por ser O DIFERENTE, agora tem esse espaço onde pode exercer a sua PERTENÇA”, me explicou um cara na van pro aeroporto. Perguntei se ele era antropólogo. “Não, eu sou matemático.” E depois: “Até ano que vem!”

‪#‎ccxp2014‬

Também:

Artist Alley @ccxpoficial Mesa 4: MAYARA & ANNABELLE, do @pablo_casado e do @tallesfsr

A photo posted by Érico Assis (@ericoassis) on

Artist Alley @ccxpoficial Mesa 60: ONE SHOOTER, do @necronauta @danilobeyruth

A photo posted by Érico Assis (@ericoassis) on

Artist Alley @ccxpoficial Mesa 87: A HISTÓRIA MAIS TRISTE DO MUNDO, do @hellatoons

A photo posted by Érico Assis (@ericoassis) on

Artist Alley @ccxpoficial Mesa 61: HEY LITTLE RICH GIRL, do @vencyslao

A photo posted by Érico Assis (@ericoassis) on

Nova geração do quadrinho brasileiro. E @joaomontanaro , à esquerda.

A photo posted by Érico Assis (@ericoassis) on

Marcado como:
hbo

OUTROS POSTS



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será exibido publicamente
Campos obrigatórios são marcados *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os comentários do site são aprovados previamente.

Acompanhando a discussão via RSS

Quer acompanhar mais facilmente a discussão neste post?
Assinar notificações via RSS.

Não sabe o que é RSS?
Aprenda aqui!

Tutoriais para: Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome.