COMPRANDO

Os Quatro Rios (Lançamento Curioso 5)

Quando Edmond Baudoin veio ao Brasil em 2011, para a Rio Comicon, muita gente ficou se perguntando quem era o senhorzinho francês. E realmente era estranho: com mais de 50 (cinquenta!) álbuns publicados na Europa, nenhum deles tinha saído por aqui.

Baudoin veio e foi. Três anos depois, curiosamente, sai sua primeira publicação no Brasil.

capa_Quatro_Rios

Os Quatro Rios talvez saia aqui mais pelo nome de Fred Vargas, romancista policial (também: arqueóloga) francesa que tem meia dúzia de livrinhos lançados no Brasil, mais uma pilha grande no país natal. O álbum parece fazer parte daquele esquema que se tentou com os autores nacionais há algum tempo: juntar um romancista com um quadrinista e ver no que dá.

O que dá é um quadrinho policial sui generis. Baudoin já trabalhou com vários gêneros, mas tende para histórias mais reflexivas ou intimistas. Seu traço exige algum tempo do olho (por exemplo: percebeu que o personagem da capa está de patins?), e os quadrinhos policiais tendem a deixar o complexo para a trama, não para o traço. Mas, enfim, é um quadrinho policial sui generis.

01_99_Quatro_Rios.indd

 

A trama, a propósito, envolve dois ladrões adolescentes que pegam a maleta de um velho e nela descobrem, além de bastante dinheiro, livros de misticismo, lascas de dentes humanos, um pote com uma coisa que parece sangue, uma faca suja… A bolsa roubada, que eles chamam de Caixa de Pandora, obviamente acaba virando problema para os dois, que se veem às voltas com um assassino serial.

100_200_Quatro_Rios.indd

A edição original, Les Quatre Fleuves, saiu em 2000 na França. No ano seguinte, ganhou prêmio de roteiro no Festival d’Angoulême. A edição brasileira é da Martins Fontes (selo Martins), com tradução de Marcelo Mori (que também traduziu Azul é a Cor Mais Quente).

A Martins Fontes obviamente tem longa tradição de quadrinhos europeus, principalmente nos anos 1980 e 1990. Desde que foi dividida em duas editoras – Martins e WMF Martins Fontes -, em 2008, as duas têm dado alguns passos interessantes para voltar às HQs. Quatro Rios é um deles.

(Obrigado ao Lielson Zeni pela dica do lançamento.)

Marcado como:

OUTROS POSTS



3 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será exibido publicamente
Campos obrigatórios são marcados *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Todos os comentários do site são aprovados previamente.

Acompanhando a discussão via RSS

Quer acompanhar mais facilmente a discussão neste post?
Assinar notificações via RSS.

Não sabe o que é RSS?
Aprenda aqui!

Tutoriais para: Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome.